Parabéns amigo!

Hoje é aniversário do meu GRANDE amigo Luizinho. O maior coração guardado dentro do menor corpo que conheço! Não tem como eu deixar passar em branco essa data, não como eu não escrever algo para mostrar pra todo mundo oquanto gosto dele. O Lu é daqueles que conqusitam a gente logo de cara por sua simpatia, inteligência e bom humor. Se não bastasse isso, pra completar ele cozinha como poucos, é bem relacionado, carinhoso e escreve cartões de aniversários que deixariam até o Edmundo com os olhos marejados.

Nos cartões que ele me escreve, o Lu sempre conta de uma tal “Nega Maluca” que apareceu nos dias que nos conhecemos… um dia eu conto quem era essa nega. Mas tudo bem, nesse encontro estava também a Miss Pig. E eu nunca vou me esquecer disso. Guardo na lembrança esse momento e mais o 487 outros encontros memoráveis que tivemos. Por coincidência foram exatamente 487 vezes que nos vivos desde essa primeira vez!

Luizinho, te amo e quero ter você por perto mais outras 487.000 vezes.

Anúncios

2 comentários

  1. O Que Foi Feito Deverá
    Milton Nascimento

    O que foi feito, amigo,
    de tudo que a gente sonhou
    O que foi feito da vida,
    o que foi feito do amor
    Quisera encontrar aquele verso menino
    Que escrevi há tantos anos atrás
    Falo assim com saudade,
    falo assim por saber
    Se muito vale o já feito,
    mas vale o que será
    Mas vale o que será
    E o que foi feito é preciso
    conhecer para melhor prosseguir
    Falo assim sem tristeza,
    falo por acreditar
    Que é cobrando o que fomos
    que nós iremos crescer
    Nós iremos crescer,
    outros outubros virão
    Outras manhãs, plenas de sol e de luz
    Alertem todos alarmas
    que o homem que eu era voltou
    A tribo toda reunida,
    ração dividida ao sol
    E nossa Vera Cruz,
    quando o descanso era luta pelo pão
    E aventura sem par
    Quando o cansaço era rio
    e rio qualquer dava pé
    E a cabeça rolava num gira-girar de amor
    E até mesmo a fé não era cega nem nada
    Era só nuvem no céu e raiz
    Hoje essa vida só cabe
    na palma da minha paixão
    Devera nunca se acabe,
    abelha fazendo o seu mel
    No pranto que criei,
    nem vá dormir como pedra e esquecer
    O que foi feito de nós

    Pablito amigo é bom por demais.
    Forte abraço sempre.

  2. Quanta emoção, Paulo… eu nunca fui citado antes num site que não fosse relacionado a trabalho… menos ainda num blog. É sério, achei demais !! Vc apenas me deixa completamente sem jeito com suas palavras.

    Sabe que os 40 nem estão pesando? – ainda, ao menos. Tô me sentindo ótimo, sereno, muito feliz e com uma certeza no meu íntimo que as coisas que não vão lá muito bem em breve se resolverão da melhor forma possível.

    Te adoro também, e foi muito legal ter recebido tanta gente querida aqui no sábado – quer melhor presente que esse?? Bjbjbjbjbj

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s